MMSocial
A+ A A-

Rui Sá

Rui SáRui Sá

Rui Sá, Jr.,músico e compositor, nasceu em Angola na cidade de Luanda, mas foi em Portugal que ainda muito jovem liderou algumas bandas de garagem, das quais «Banda de Estrada» foi a que mais se destacou ao chegar à final do Festival «Bandas Rock Pepsi» RFM, fazendo-se notar e realizando várias atuações no distrito de Lisboa.

Após um longo percurso no circuito de bares, avança determinado em 1996/97 e compõe todas as obras do seu álbum de estreia, intitulado «Histórias de um homem só». Nasce assim o projeto Rui Sá, Jr. & os Paparazzi.

Dotado de um espírito temerário objetivo, decide entrar em estúdio por sua própria conta e risco. Durante as gravações nomeia todos os músicos de forma criteriosa, co-produz e assina em parceria os arranjos das composições com Rui F Reis.

Rui Sá, Jr. estreia-se na Semana Académica de Lisboa em Maio’98 nas docas de Algés e juntamente com a sua Banda inicia a primeira tournée nacional.

O álbum de sonoridade «Rock Fm», merece atenções da PolyGram (Mercury), que aceita editar o LP e contrata o artista nesse mesmo ano. Este, acarinhado pelos fãs, tv, rádios nacionais e locais, consegue total «Air-play» em 1998/99 com os singles «Já não há condições» e «A noite é um dia», respetivamente.

A 30 de Abril de 2001, dia do seu aniversário, acontece a rescisão contratual anunciada com a Universal Music, e é no Auditório da Casa do Artista que no dia 4 de Maio de 2002 se realiza o espetáculo da apresentação oficial do seu álbum de originais, intitulado «Duro de Roer», com 11 faixas originais de sua autoria, e assinatura do próprio na direção e produção musical, firmando assim a sólida carreira deste jovem músico, exigindo-se a continuidade do seu percurso ímpar e que após uma ausência notada, desta feita a solo, o artista «soma e segue».

Rui SáForam determinadas entre outras, ações várias de caráter promocional implicadas no lançamento do seu CD, que visaram realizar algumas atuações ao vivo durante e após o ano de lançamento, em recintos «in-door» e/ou «out-door» de relevado interesse à difusão do entretenimento, tais como os memoráveis «ShowCases» e «Unpluggeds» para eventuais pequenos espaços, mas contempladas também as concentrações anuais de Clubes Motards e os estabelecimentos de Ensino Escolar, excecionalmente num formato acessível de condições especiais, em colaboração direta com as Associações de Estudantes.

Entretanto, “Eu, de mal a pior” é eleito segundo single entre outros previstos na calha, que pela mão da DEMO records portugal, se revelaram a aposta perfeita a promover em simultâneo com a distribuição deste álbum pelos escaparates do mercado discográfico nacional, que ambas as partes desejam de muito sucesso.

Em 2012/13, grande parte do seu repertório é disponibilizado em algumas plataformas digitais de maior visibilidade cybernautica, entre elas adquire destaque no «chart position» do reverbnation.com, onde atingiu o rank#2, anunciando o momento ideal para updates discográficos na forja, onde irá cunhar toda a sua experiência da última década nos estúdios da SONOSCOPIO Music Lab, enquanto epicentro da sua criatividade musical, pelo que aguardamos ansiosos pela sonoridade Rock FM contagiante a que ele já nos habituou!

 

SONOSCOPIO Music Lab

Apartado 1111, 2676-801 Odivelas Codex, Portugal

Ligações

facebook.com/ruisajr

facebook.com/ruisajr

soundcloud.com/ruisajr

 reverbnation.com/ruisajr

URL: palcoprincipal.sapo.pt/ruisajr 

Nuno Figueiredo

Nuno Figueiredo iniciou os estudos musicais com Artur Gouveia, na Filarmónica de Santa Comba Dão. Posteriormente, ingressou no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, em Aveiro, onde  estudou trompete, teoria e formação musical. Prosseguiu os seus estudos na Universidade de Aveiro, sob a orientação  da professora  Sara Carvalho, João Pedro Oliveira e Joan Riera. Ao longo deste período, frequentou diversos cursos e seminários de composição, orientados por Emanuel Nunes, Christropher Bochmann, Kaija Saariaho, Beat Furrer, entre outros.

Enquanto compositor foi laureado em 2009 com o Prémio de Melhor Música Eletrónica Portuguesa no X Concurso de Música Eletroacústica, promovido pela Miso Music, com a obra The Electronic Sounds of the Birds.

Nuno Figueiredo foi finalista do 2º Concurso Internacional de Composição, promovido pela Casa da Música em 2009, com a obra Klanken Uit e no 1º Concurso internacional de composição Novos Compositores, com a obra Considerationibus, realizado pela Orquestra Metropolitana de Lisboa em 2013.

Em 2010 venceu o 5º Concurso Internacional de Composição da Póvoa do Varzim, com um concerto para clarinete e orquestra Ocaso, na interpretação do clarinetista Sérgio Silva Neves e, no ano seguinte, foi distinguido com uma menção honrosa no 1º concurso Internacional de Composição Caravelas, com a obra  Zoey, Duas Imagens Poéticas.

Venceu o 1º prémio de composição com a obra Memorandum of Understanding, no 1º Concurso Internacional de Composição Jorge Peixinho.

Enquanto professor, no Conservatório Regional de Coimbra e no Conservatório de Música e Artes do Dão, lecionou Música de Conjunto, Formação Musical e Análise e Técnicas de Composição. Durante este período criou e implementou mais de cem obras didáticas, destinadas a alunos que iniciavam o primeiro contato com o instrumento, até seis anos de prática instrumental. Esta pesquisa, resultou na edição de obras originais para crianças, organizadas em cinco livros, “It´s Time For Music – original music for flexible children´s ensemble”.

Atualmente reside e leciona na Eslováquia, país onde fundou a editora Ekolio Music Edition.

The Norton's Project

The Norton´s ProjectThe Norton's Project

António Norton, intérprete, autor e compositor, neto de António Gedeão lidera THE NORTON’S  PROJECT. Este  grupo,  referenciado pela critica  internacional  (USA Songwriting Competition’s Song Critique Week) e nacional, tem tido por parte do público a maior adesão e impacto, facto pelo qual está neste momento a preparar a sua primeira tour nacional.

Este projecto nasceu de uma urgência de comunicar, de expressar, de partilhar, de criar, de libertar emoções e palavras, através da magia e da intensidade da música. 
As primeiras canções nasceram no Verão de 2008. Palavras e melodias espontâneas, celebradas através do piano ou da guitarra.

The Norton's ProjectViajando entre o pop e o jazz, passeando pelo blues, pelo ska e dando uns passinhos de reggae… entre as sonoridades quentes e inebriantes do saxofone, até ao romantismo e à melancolia do violoncelo, com solos rasgados de guitarra elétrica, condimentados com o ritmo do piano e o balanço do contrabaixo e da bateria. Assim são os The Norton´s Project. Um conjunto de músicos que se reúnem para dar vida a canções originais escritas em Inglês, que assumem na sua variedade de estilos, de formas e de mensagens, a sua originalidade. O que todas têm em comum é a vontade de contar histórias e partilhar emoções sejam elas de alegria, euforia, felicidade, amor, dor ou melancolia.

The Norton´s Project é o projeto de originais de António Norton, com temas escritos em Inglês que procuram chegar a todos e prometem contagiar quem os oiça!

Os The Norton´s Project são:  António Norton (voz), António Neves da Silva (piano), Miguel Menezes (contrabaixo), Pedro Guerne (Bateria), João Diogo Roque (guitarra eléctrica), Tiago Cordeiro (saxofone) e Ana Garcez (violoncelo).

LigaçõesPaula Cordeiro 
Up Music Talents

The Norton's Project Sun

www.facebook.com/thenortonproject

The Casino Royal

The Casino RoyalThe Casino Royal

Imagine-se nos jardins de um qualquer casino no mundo, em plena noite quente de Verão, onde a luz da lua e do jogo se misturam… um personagem num guião semelhante ao de um dos vários filmes de James Bond… ao fundo, ouve-se uma orquestra e o groove de sons combinados com uma clara e extraordinária voz feminina… irreverente, sexy ou melancólica a verdade é que se sente transportado para Hollywood nos anos 50s e 60s. Essa requintada e perfeita banda sonora tem um nome – “The Casino Royal”.

A música de "The Casino Royal", é uma mistura de fado, ritmos electrónicos e humores, servidos “à la James Bond”.

“Life is waiting for you” é o terceiro álbum desta reconhecidas banda nacional e além-fronteiras.

“Life is waiting for you” o primeiro single deste álbum, começa com um riff de piano. A convidada especial é Sílvia Rizzo, à qual se junta o Coimbra Gospel Choir no refrão, enfatizando o caracter festivo de um tema cuja missão é a celebração da vida!! A bridge enfatiza o lado mais cinematográfico e faz a ponte com a matriz dos TCR - Spy Sound à lá John Barry…

Segue-se My Guys You And I” com o seu refrão onde os ditongos Bum Bum Bum... nos remetem para os balões de banda desenhada quando alguma personagem resolve usar uma pistola…

Casino RoyalMas chegou o momento de preservar o mistério de um álbum há muito esperado, que será lançado em Portugal com o apoio da Antena 1.

A banda composta por Pedro Janela (composição, produção, teclado), Mafalda Portela (voz), Mauro Ribeiro (guitarra), Ricardo Ribeiro (percussão) e Miguel Duarte (baixo), é influenciada fortemente pelo " Easy-Listening " e pode a partir de dia 13 de Outubro ser ouvida na Antena 1.

Podemos desde já garantir-lhe, que nunca se sentiu um personagem de “um filme” assim!

Antena 1

Ligações:Paula Cordeiro  Up Music Talents

 The Casino Royal Showcase

 www.facebook.com/TheCasinoRoyalBand

Apoios Bobina Studio

Facebook Música e Músicos
Canal Youtube - Música e Músicos