MMSocial
A+ A A-

Tuniko Goulart

Tuniko Goulart nasceu em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil em 1967. Oriundo de uma família de músicos, foi reconhecido pela Ordem dos Músicos Profissionais Brasileiros, com apenas 11 anos de idade, facto que por si mesmo é revelador do seu talento. Foram muitos os anos em que viajou pelo Brasil, Uruguay e Argentina, acompanhando grandes nomes do panorama internacional. Em Tours e em estúdio de gravação, são vários os músicos com quem se orgulha de ter colaborado e que não lhe poupam elogios, com frases como: “…exímio guitarrista…”, …extraordinário compositor…”, “…brilhante músico…”, são absolutamente comuns, quando se fala de Tuniko Goulart. A música para si, é o eterno caminho…e Gilberto Gil, Martinho da Vila, Airto Moreira, Arthur Maia, Flora Purim, Vicente Amigo, Standley Jordan, Jeff Berlin, Eric Sardinas, Cesária Évora, António Chainho, Giovani Goulart, Filipa Pais, André Sarbib, Isabel Campelo, Rui Veloso, Edu Miranda e muitos outros, com quem ao longo da sua vida colaborou ou continua a colaborar, não se cansam de confirmar o seu indiscutível talento! Reconhecido o seu talento por muitos dos maiores músicos portugueses, é elogiado de forma unanime também como ser humano, tal é a sua humildade e frontalidade.

“Não confundam um bom executante com um excelente músico, pois o músico tem emoção e o tecnicista é mais automatismo que alma.”

 

 

 

 

Ligações 

myspace.com/tunikogoulart

facebook.com/pages/Tuniko-Goulart-Grupo

facebook.com/tuniko.goulart

vimeo-01 

vimeo-02

Tuniko Goulart Overjoyed

Tuniko Goulart, v14 - Classic Jazz Bar

 

Victor Castro

Victor Castro, guitarrista, arranjador e compositor, nasceu em Angra do Heroísmo, Açores (Portugal). Formou-se em guitarra clássica pelo Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, onde estudou com o açoriano Carlos Baptista Ávila, com os norte-americanos Steven Rings, Thimothy Jonhson, Miles D. Barford e Eddy Goldz e concluiu os estudos com Roberto Hugo (Uruguai). Além disso, fez masterclasses com os renomados violonistas David Russel (Escócia), Eduard Isaac (Argentina), Costas Cotsiolis (Grécia), Ana Vidovic (Croácia), Marco Pereira (Brasil), Sebastião Tapajós (Brasil) e Fábio Zanon (Brasil). Em 2009 iniciou a sua Licenciatura em Música pela Universidade Federal do Maranhão- Brasil.

Em 1999, gravou o CD “Victor Castro interpreta”, no qual executa obras de consagrados compositores como Paulo Bellinatti, Mertz, Albéniz, Nikita Koshkin e Augustin Barrios, sendo um dos primeiros violonistas portugueses a gravar um cd de violão erudito. Em 2001, lançou o 2º CD intitulado “Tradição Livre”, mostrando arranjos que fez de música tradicional da Ilha Terceira (Açores) para o violão erudito.

Já realizou concertos a solo em Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Argentina e em vários estados do Brasil (São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Tocatins, Pará, Rio Grande do Norte, Amazonas e Maranhão). Também realizou trabalhos em Portugal com diversos músicos estrangeiros, tais como a violinista Evgenia Soltys (Rússia), o violoncelista Orest Grytsyouk (Ucrânia), o flautista Mikail Roussal (Ucrânia) e o 1º clarinetista da orquestra de Milão, o italiano Cristiane Latini.

Em 2005, juntamente com o guitarrista açoriano Paulo Cunha, desenvolveu o projeto “Tributo a Carlos Paredes”, no qual interpreta, em guitarra de Coimbra, composições do célebre guitarrista. O Tributo foi apresentado em várias cidades portuguesas e no Brasil no ano de 2006 (ver mais em http://www.tributoacarlosparedes.net).

Tocou com a orquestra de Câmara da Escola de Música do Maranhão, no Teatro Arthur Azevedo em agosto de 2007. Foi convidado a participar nas IV e V Semana do Violão. Ganhou duas vezes o prêmio “Raphael Rabelo” no Festival Nacional de Violão do Piauí (FENAVIPI), em Fevereiro de 2008 e 2009. O concurso teve como jurados ilustres intérpretes do violão, como os consagrados professores brasileiros Henrique Pinto e Fábio Zanon, Marco Pereira, Sebastião Tapajós, e a croata Ana Vidovic, destaque mundial do violão na atualidade.

Destaques

De entre os destaques de sua carreira, pode-se citar a estreia de obras de vários compositores, entre os quais: Thimothy Jonhson, Antero Ávila, Thomas Kupsch, Ubiratan Sousa; o concerto das comemorações do “10 de Junho” para Sua Exc. Presidente da Républica Dr. Jorge Sampaio; convidado do Ciclo de Guitarra da Secretaria da Cultura de Coimbra e do Festival Internacional Francisco Lacerda; Integral da obra para violão de Lopes-Graça em concerto no Auditório da SPA, Lisboa.

Em 2010 foi distinguido em Lisboa pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas com o “Prémio Talento 2009”. Este prémio pretende distinguir portugueses residentes no estrangeiro que se notabilizaram em áreas como a música, teatro, cinema, artes plásticas, entre outras.

Ainda em 2010  foi em turnê por Portugal continental e Açores, realizando 22 concertos com o seu “Victor Castro Trio”.

Em 2011 lançou seu livro de transcrições de sonatas dos compositores italianos Baldassare Galuppi e Francesco Gasparini. Neste mesmo ano participou em concertos a solo por Portugal e na Semana de Violão de São Luis. Também participou como guitarrista de várias apresentações do Show “Chico para encantar”.

Em 2012, em comemoração do IV centenário de São Luis- Ma, estreou a peça “Suite Maranhense” do compositor maranhense Ubiratan Sousa, com a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB).

Está lançando o seu 3º CD e uma série de livros com composições e arranjos seus pela Editora AvA Musical Editions. www.editions-ava.com

Lecionou guitarra clássica no Conservatório Regional de Angra do Heroísmo (Portugal) por oito anos. Atualmente, mora em São Luís – MA (Brasil), foi professor e coordenador do curso de guitarra clássica na Escola de Música do Estado do Maranhão, professor de Guitarra Clássica na UEMA (Universidade Estadual do Maranhão). Atualmente, ministra aulas particulares e masterclasses, dividindo  ainda seu tempo entre a performance a solo e com outros músicos.

Ligações

URL: victorcastroguitar.musicblog.com.br

  Victor Castro Trio - Baião de Lacan - Guinga

  Victor Castro Trio - Uscher Vals - Nikita Koshkin

  Victor Castro Trio - Sunburst -York

Giovani Goulart

Giovani Goulart descendente de uma geração de músicos desenvolveu desde cedo o gosto e a identificação com o piano, percussão e a bateria.

Músico brasileiro, com dezenas de trabalhos editados como produtor musical e arranjador, traz na sua trajetória passagens musicais por palcos internacionais e festivais de renome mundial, tanto quanto uma sólida formação académica que culmina com a Licenciatura em Musicologia na Universidade do Minho em Braga - Portugal.

Foi para a Alemanha desenvolver workshops de percussão e bateria e, após residir quatro anos em Frankfurt, surge o convite para fazer orquestrações e arranjos em Portugal em 1993, iniciando assim, um ciclo de shows e gravações que lhe traz definitivamente para a cidade de Braga. Já em Braga é chamado para fazer a gravação e direção musical do trabalho editado em CD da Universidade do Minho, este trabalho foi composto por cinquenta e três grupos da UM. Em 2005 lança o seu trabalho "Manhã de Carnaval" gravado ao vivo com vários músicos convidados, entre eles Laurent Philippe, Tuniko Goulart, Andreaf Tarabbia (Pancho), Maximo Cavalli, Paulo Martins, Diego Ebbeler, entre outros.

"Sou um músico brasileiro, com muitos anos de trabalho musical, com muitas experiências musicais proveitosas, com muita vontade de conhecer, de aprender e de conviver intensamente com ambientes musicais distintos e bem elaborados."

 

 

 

Ligações:

URL: www.giovanigoulart.com

Reportagem sobre Giovani Goulart

Reportagem para a RTP

facebook.com/giovani.goulart

Lilian Raquel e Claúdio César Ribeiro

Lilian e ClaúdioLilian Raquel e Claúdio César Ribeiro

Bastante elogiados pela crítica portuguesa e por artistas de renome internacional como Ivan Lins, Rosa Passos ou Alceu Valença, entre outros, estes dois brasileiros de nacionalidade portuguesa, eram mentores do Grupo “Amarelo Manga” , que editou o seu primeiro disco em 2009. Agora, resolveram fazer um trabalho em nome próprio, através da editora Numérica e que conta com a participação do cantor e compositor brasileiro Ivan Lins.

Radicados em Portugal há 14 anos, Lilian, no Brasil gravava jingles musicais de publicidade e fazia coros em vários discos de artistas como Alceu Valença, André Rio, Dominguinhos, Novinho da Paraíba, Naná Vasconcelos entre outros. Percorrendo, inclusive, em digressão pelo Brasil com o próprio Naná Vasconcelos. Em Portugal, trabalhou vários anos como cantora residente no Casino da Póvoa, fez coros com o grupo português “ GNR”, deu a sua voz à segunda edição do disco de música Pop em bossa nova , “Bossa Nossa “ editado pela Sony Music.

Lilian e Claúdio em palcoCláudio,conhecido como “ Cláudio Munheca” no Brasil tinha a banda “ Capitão Severo”, tocou com vários artistas, entre eles, André Rio, Elba Ramalho, Lula Queiroga, Lula Cortes, Maestro Spok, entre outros.

Em Portugal participou de discos de artistas como Cármen Souza,  Luísa Sobral, Maria João (famosa cantora portuguesa de jazz), Classificados, Ivan Lins e participou de concertos com  artistas como Carlos do Carmo e Paulo de Carvalho.

Também trabalha com produções discográficas, entre elas “ Bossa Nossa”, Snail, Jorge Goes, André Sarbib, Amarelo Manga , entre outros.

Atualmente, tem o seu trabalho de instrumentais originais em nome próprio, faz concertos em nome do grupo Lilian Raquel e Cláudio César e acompanha o cantor brasileiro Ivan Lins em digressões pela Europa.

Ligações

Lilian e Claúdio - "Letras de Canções"

facebook.com/lilianraqueleclaudiocesarribeiro

Apoios Bobina Studio

Facebook Música e Músicos
Canal Youtube - Música e Músicos