MMSocial
A+ A A-

Lilian Raquel e Claúdio César Ribeiro

Lilian e ClaúdioLilian Raquel e Claúdio César Ribeiro

Bastante elogiados pela crítica portuguesa e por artistas de renome internacional como Ivan Lins, Rosa Passos ou Alceu Valença, entre outros, estes dois brasileiros de nacionalidade portuguesa, eram mentores do Grupo “Amarelo Manga” , que editou o seu primeiro disco em 2009. Agora, resolveram fazer um trabalho em nome próprio, através da editora Numérica e que conta com a participação do cantor e compositor brasileiro Ivan Lins.

Radicados em Portugal há 14 anos, Lilian, no Brasil gravava jingles musicais de publicidade e fazia coros em vários discos de artistas como Alceu Valença, André Rio, Dominguinhos, Novinho da Paraíba, Naná Vasconcelos entre outros. Percorrendo, inclusive, em digressão pelo Brasil com o próprio Naná Vasconcelos. Em Portugal, trabalhou vários anos como cantora residente no Casino da Póvoa, fez coros com o grupo português “ GNR”, deu a sua voz à segunda edição do disco de música Pop em bossa nova , “Bossa Nossa “ editado pela Sony Music.

Lilian e Claúdio em palcoCláudio,conhecido como “ Cláudio Munheca” no Brasil tinha a banda “ Capitão Severo”, tocou com vários artistas, entre eles, André Rio, Elba Ramalho, Lula Queiroga, Lula Cortes, Maestro Spok, entre outros.

Em Portugal participou de discos de artistas como Cármen Souza,  Luísa Sobral, Maria João (famosa cantora portuguesa de jazz), Classificados, Ivan Lins e participou de concertos com  artistas como Carlos do Carmo e Paulo de Carvalho.

Também trabalha com produções discográficas, entre elas “ Bossa Nossa”, Snail, Jorge Goes, André Sarbib, Amarelo Manga , entre outros.

Atualmente, tem o seu trabalho de instrumentais originais em nome próprio, faz concertos em nome do grupo Lilian Raquel e Cláudio César e acompanha o cantor brasileiro Ivan Lins em digressões pela Europa.

Ligações

Lilian e Claúdio - "Letras de Canções"

facebook.com/lilianraqueleclaudiocesarribeiro

Banda Musical de Cabreiros, Associação Cultural, Musical, Artística e Recreativa

A Banda Musical de Cabreiros tomou presença no I Concurso de Bandas Filarmónicas do Distrito de Braga, realizado nos dias 6 e 7 de dezembro de 2014. Veja aqui um excerto da sua apresentação.

A Banda Musical de Cabreiros foi fundada em Janeiro de 1843 com o nome de Banda Musical de S. Miguel de Cabreiros. A sua fundação é atribuída ao Sr. João Martins Oliveir que,.além de fundador foi também regente durante vários anos.

Embora não exista qualquer documento ou testemunho sobre a sua fundação, chega-nos a através do livro de poemas históricos literários “A minha Aldeia”, do Reverendo e Monsenhor Alves da Rocha, neto do fundador, editado em 1949, no Rio de Janeiro.

Não existem registos sobre os primeiros cem anos da banda, a não ser algumas notícias de jornal sobre a sua participação em algumas festividades.

A Banda de Cabreiros viveu o seu apogeu nas décadas de 40 e 50, sendo, então dirigida pelo maestro Manuel Gonçalves e batia-se de igual para igual com muitas Bandas Militares dessa época, interpretando essencialmente obras clássicas.

Actualmente a Banda Musical de Cabreiros é composta por mais de 50 elementos, estando a sua direção artística ao cargo do Maestro Bruno Pinto.

A diversidade de idades dos músicos confere-lhe uma harmonia de ideias e uma sã convivência entre todos. A Banda tem sofrido uma evolução positiva em todos os aspetos realizando cerca de 30 atuações anuais (festas, romarias, procissões e concertos).

O futuro também está devidamente assegurado com uma Escola de Música com mais de 30 alunos de várias idades e origens.

Os alicerces são fortes, o espírito de grupo, união e gosto pela música e sobretudo pela Banda de Cabreiros, implementado pela sua equipa de professores, são o garante que esta “sementeira vai dar muitos e bons frutos”.

A Banda Musical de Cabreiros é associada da Federação Regional de Bandas Filarmónicas do Minho desde 1999, ano da fundação da Federação.

 

Maestro

Maestro Bruno PintoBruno Pinto

Bruno Manuel Correia de Sá Loureiro Pinto, nascido a 19 de Janeiro de 1981 na freguesia de Massarelos – Porto.

Iniciou os estudos musicais aos 9 anos de idade na escola de música da Banda Musical da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

Ingressa na Banda como trompista, um ano mais tarde troca a trompa pelo Bombardino instrumento que executa atualmente.

Em 2002, ingressa no Ensino Superior no curso de Educação Musical no Instituto Piaget de Arcozelo, concluindo o mesmo em 2006.

Em 2004 Participou masterclass em Taveiro – Coimbra com o professor Sérgio Carolino.

Em 2006 foi um dos fundadores do quinteto que tinha por nome: “Zêzere Brass Quintet”.

Colaborou com diversas bandas filarmónicas como a Banda Marcial de Tarouquela e Municipal de Cinfães, Banda Juvenil de Magueija, Banda de Música de S. Vicente de Alfena, Orquestra do Grupo Musical Estrela de Argoncilhe, Banda Marcial da Foz – Filarmónica do Porto e da Sociedade Artística de Cinfães.

Trabalhou com diversos maestros onde se destacam José Augusto Ferreira, Alberto Madureira da Silva, Rafa Agulló-Albors, Carlos Melo, José I. Petit, Carlos Nunes, entre outros.

Foi maestro – adjunto da Banda Musical da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere e da Banda Marcial da Foz – Filarmónica do Porto.

Em 2006/07 foi professor da Escola de Música da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

Participou em cursos de Direção de Bandas em Santa Maria da Feira com o maestro José I. Petit e na Banda Sinfónica da Covilhã com o maestro Rafa Agulló-Albors.
Em 2007 foi maestro titular da Orquestra Ligeira da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

Foi Diretor Artístico da Associação Banda 25 de Março – Macedo de Cavaleiros de Outubro de 2007 a Dezembro de 2010.

É Diretor Artístico da Banda Musical de Cabreiros desde Fevereiro de 2014. Frequenta o curso de Formação Continua de Maestros na Academia Portuguesa de Banda sob a orientação do Maestro Paulo Martins.

Atualmente é professor de Educação e Expressão Musical no Agrupamento de Escolas de Matosinhos.

 

Contactos

Largo do Monte das Cruzes, Nº 13
Cabreiros
4705 – 377 Braga

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

TM: 919494492

 

 

The Casino Royal

The Casino RoyalThe Casino Royal

Imagine-se nos jardins de um qualquer casino no mundo, em plena noite quente de Verão, onde a luz da lua e do jogo se misturam… um personagem num guião semelhante ao de um dos vários filmes de James Bond… ao fundo, ouve-se uma orquestra e o groove de sons combinados com uma clara e extraordinária voz feminina… irreverente, sexy ou melancólica a verdade é que se sente transportado para Hollywood nos anos 50s e 60s. Essa requintada e perfeita banda sonora tem um nome – “The Casino Royal”.

A música de "The Casino Royal", é uma mistura de fado, ritmos electrónicos e humores, servidos “à la James Bond”.

“Life is waiting for you” é o terceiro álbum desta reconhecidas banda nacional e além-fronteiras.

“Life is waiting for you” o primeiro single deste álbum, começa com um riff de piano. A convidada especial é Sílvia Rizzo, à qual se junta o Coimbra Gospel Choir no refrão, enfatizando o caracter festivo de um tema cuja missão é a celebração da vida!! A bridge enfatiza o lado mais cinematográfico e faz a ponte com a matriz dos TCR - Spy Sound à lá John Barry…

Segue-se My Guys You And I” com o seu refrão onde os ditongos Bum Bum Bum... nos remetem para os balões de banda desenhada quando alguma personagem resolve usar uma pistola…

Casino RoyalMas chegou o momento de preservar o mistério de um álbum há muito esperado, que será lançado em Portugal com o apoio da Antena 1.

A banda composta por Pedro Janela (composição, produção, teclado), Mafalda Portela (voz), Mauro Ribeiro (guitarra), Ricardo Ribeiro (percussão) e Miguel Duarte (baixo), é influenciada fortemente pelo " Easy-Listening " e pode a partir de dia 13 de Outubro ser ouvida na Antena 1.

Podemos desde já garantir-lhe, que nunca se sentiu um personagem de “um filme” assim!

Antena 1

Ligações:Paula Cordeiro  Up Music Talents

 The Casino Royal Showcase

 www.facebook.com/TheCasinoRoyalBand

Banda Musical de Calvos

A Banda Musical de Calvos foi a primeira banda a tomar presença no I Concurso de Bandas Filarmónicas do Distrito de Braga, realizado nos dias 6 e 7 de dezembro de 2014. Veja aqui um excerto da sua apresentação.

A Banda Musical de Calvos “ é muito antiga”. Segundo o livro “ Bandas de Música do Concelho da Póvoa de Lanhoso – subsídios para a sua história”, do professor José Bento da Silva, um apaixonado pela história de Calvos, sua terra natal, a Banda de Calvos foi, possivelmente criada na primeira metade do século XIX, entre 1830 e 1850.

O escritor Camilo Castelo Branco, no romance “ A Brasileira de Prazins”, faz referência à existência de músicos “ … na freguesia de Calvos havia comédias nos três dias de Entrudo … O Veríssimo dera três passos para acender um cigarro no de ummúsico que estava sentado num bombo.” Também no romance “Maria da Fonte”, do mesmo autor, a referência à Banda de Calvos é bem clara “ …No dia seguinte, convergiram às Chãs….. a música de Calvos a bufar o Rei Chegou…”

Em 1846, os registos de nascimento fazem referência à profissão de músico de alguns progenitores, comprovando a longevidade desta Banda.

Também conhecida no passado por Banda de Nasce e dos Bravos (pela sua persistência) formou gerações de músicos.

Em 1973 tem um desaparecimento fugaz e reorganiza-se em 1978, dando continuidade à formação de músicos.

A 15 de Maio de 1992, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso atribuiu-lhe a Medalha de Honra – Grau Ouro, momento em que a Banda comemorava os 150 anos da sua existência, tendo escolhido o dia 10 de Junho para essa efeméride.

Atualmente a Banda Musical de Calvos é composta, maioritariamente por elementos da freguesia de Calvos e orgulhosamente dirigida pelo maestro Justino Costa, também este filho da terra.

Esta Banda interpreta um vasto repertório, participando em numerosos concertos, festas religiosas e festivais de Bandas.

A Banda Musical de Calvos mantém o objectivo de formar músicos, através da sua escola sempre em funcionamento, com seis professores, contando atualmente com cerca de 30 alunos, na sua maioria, habitantes da freguesia, com os quais forma a orquestra da escola da Banda Musical de Calvos.

 

Maestro

 Maestro Artur Oliveira
Artur Miguel Lemos Oliveira nasceu a 27 de Fevereiro de 1983, em Calvos, Póvoa de Lanhoso. Iniciou os seus estudos musicais na Banda Musical de Calvos aos 8 anos. Em 1997 ingressou na Academia de Música Valentim Moreira de Sá na Classe de Trompete do professor Vasco Faria, terminando o 8º grau em 2009 com 18 valores.

Nesta, fez parte do Ensemble de Trompetes e mais tarde do Quinteto de Metais. Simultaneamente, ainda nesta mesma Academia foi executante da Orquestra de Sopros sob a direção do professor Vítor Matos, na qual fez vários concertos em Guimarães, Lisboa e Espanha. Em 2001 apresentou-se pela primeira vez a solo com esta mesma orquestra. Obteve em 2011 o diploma de Licenciatura em Música, variante performativa (Trompete), na Universidade do Minho, onde estudou com os professores Vasco Faria e Pierre Dutot. Durante o percurso académico frequentou vários Master Classes com os Professores Vasco Faria, Steven Mason, John Aigi Hurn, Kevin Wauldron e Pierre Dutot. Teve oportunidade de trabalhar com os maestros Vítor Matos, Pedro Neves, Toby Hofman, Jean Marc Burfin, Francois Benda, Luís Machado, entre outros.

Colabora com a Orquestra Académica da Universidade do Minho, Orquestra do Minho, Orquestra do Norte e Orquestra Bomfim. Leciona desde 2009 na Companhia da Música (Braga) as disciplinas de Trompete e Orquestra de Sopros, acumulando em simultâneo o cargo de coordenador do departamento de classes de conjunto.

Na Academia de Música Valentim Moreira de Sá (Polo de Vieira do Minho) leciona desde 2011 as disciplinas de Trompete e Orquestra de Sopros. No ano de 2013 a convite da Federação de Bandas do Minho participou como orientador de naipe (Trompete) no estágio de Orquestra de Sopros, organizado pela mesma. Entre 2013 e 2014 foi diretor artístico da Sociedade Filarmónica de Vilar Chão (Vieira do Minho). Recentemente tem participado em cursos de aperfeiçoamento na área de direção de orquestra, destacando-se o último com o maestro Jean Marc Burfin. Em novembro 2015 terminou o Mestrado em Ensino de Música com Profissionalização, ministrado pela Universidade do Minho.

Desde outubro 2015 é diretor artístico da Banda Musical de Calvos, (Póvoa de Lanhoso).

 

Contactos

Rua do Picoto, Nr. 100 – S. Gens de Calvos | 4830 – 073 Povoa de Lanhoso
Telefone: 966201399 João Lopes (Presidente) / 927420545 Jorge Carvalho (tesoureiro)
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Apoios Bobina Studio

Facebook Música e Músicos
Canal Youtube - Música e Músicos